segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Sortilégio de Outono por Joseph Von Eichendorff (Leitura de Contos Fantásticos)

Oi gente, essa semana eu terminei a leitura do segundo conto do livro Contos Fantásticos do Século XIX e devo admitir que estou adorando esse livro =) . O conto que eu li essa semana se chama Sortilégio de Outono.

A história segue o mesmo padrão do primeiro conto pois somente um ou dois personagens tem nome no conto.
O conto se dá inicio quando Ubaldo um cavaleiro se separa de seus amigos durante uma caçada e acabe se perdendo e por sote é encontrado por um andarilho, após uma breve conversa ambos percebem que esta anoitecendo então o estranho andarilho oferece sua morada para a pernoite o Ubaldo, esse vendo que não tem muitas opções aceita o convite e segue em direção a morada o homem.
Para sua surpresa o andarilho não morava em uma casa ou casebre mas em uma caverna, nela havia uma pedra plana que era usada como mesa e no fundo havia uma pilha de folhas que servia de cama.Após ter comido pão e bebido vinho em silêncio junto ao estranho Ubaldo deita sobre as folhas e lá adormece e somente acorda com uma canção estranha e melancólica que o seu anfitrião cantava no breu fora da caverna, mas mesmo estando curioso em saber o que o homem estava fazendo lá, o cansaço o vence e ele adormece de novo.
Logo quando amanhece Ubaldo e o andarilho seguem para a estrada, chegando nela Ubaldo convida o andarilho a ir a seu castelo, um pouco relutante o homem diz que não mas por fim aceita o convite e parte para o castelo.Lá chegando Ubaldo pede para que o homem conte sua história para ele e sua esposa, após pensar o andarilho consente e começa sua história.
Ele conta que era apaixonado pela moça mais bonita de seu reino, mas que infelizmente seu melhor amigo também a amava e era noivo dela, mas ele parte para a palestina para lutar com a igreja e deixa sua amada para trás.Um dia andando pela floresta ele escuta trombetas e canções ecoarem de algum lugar e tocarem se coração, seguindo a canção ele segue floresta a dentro quando chega a um palácio magnifico onde cavaleiros sopravam trombetas e sua bela e amada moça cantava uma linda canção.
Ele se aproxima da moça e ela o recebe da maneira mais calorosa possível e ele passa o dia festejando junto dela e a noite andando pelo jardim sobe até uma pedra e vê um ser vestido de preto que se levanta e anda e sua direção então ele percebe que se trata de seu amigo o noivo de sua amada, e ali eles travam uma batalha feroz e ele joga seu amigo em um precipício, perturbado pelo que havia feito ele sai correndo de volta para o castelo e se deita ao lado de sua amada.Passados alguns dia desse acontecido,durante a noite ele acorda e vê sua amada dura e gelada como se estivesse morta, e lá em baixo dois homens cochicham e a única coisa que consegue ouvir é seu nome e de sua amada.Atordoado pelo que havia visto ele sai correndo do castelo e segue para a floresta e lá percebe que o inverno, o verão, a primavera haviam passado e ele já estava no outono então ele corre e se esconde em uma caverna  onde lá passa um ano até que encontra o cavaleiro para quem esta contando a história.
Após um momento de silêncio Ubaldo chama o andarilho de Raimundo neste momento o homem pula e pergunta como ele sabe seu nome, então Ubaldo conta que tudo o que ele havia dito, não era verdade, que eles nunca havia lutado sobre uma pedra nem que ele havia se casado com aquela moça pois ela era mulher de Ubaldo que esperou Raimundo voltar de sua caçada durante o outono que era sua estação favorita para caçada e disse que ele havia sido enfeitiçado e sumira durante dois  longos anos.
Perturbado pela revelação do amigo Raimundo sai correndo para a floresta e la continua a correr até chegar a um local onde havia um palácio em ruínas e uma figura de preto respingada de sangue e ouve também um canto de uma mulher e tudo ao seu redor gira e voltar a ser o belo palácio de sua amada e as trompas voltam a soar e lá ele permanece pela eternidade.

Bom gente eu não gostei muito dessa história pois não achei muito sentido no que ela conta, nem gostei muito da  da narrativa e nem do enredo pois foi muito fraco e sem sal.Vou para por aqui se não essa resenha vai ficar cheia de Spoilers.
Contos:

O Demoníaco Pacheco                                         O Olho sem Pálpebra
                                                                          
Sortilégio de Outono                                             A Mão Encantada

O Homem de Areia                                                O Jovem Goodman Brown

A História de Willie o Vagabundo                          O Nariz

O Elixir da Longa vida                                          A Morta Amorosa

A Vênus de Ille                                                      O Fantasma e o consertador de Ossos

O Coração Denunciador                                        A Sombra

O Sinaleiro                                                             O Sonho

O Espanta Diabo                                                   É De confundir

A Noite                                                                   Amour Dure

Chickamauga                                                        Os Buracos da Máscara

O Demônio da Garrafa                                         Os Amigos dos Amigos

Os Construtores de Pontes                                   Em Terra de Cego


Um comentário:

  1. contos fantásticos! vc já encontrou para o nook?
    olhe aqui: http://portugues.free-ebooks.net/ebook/Sortilegio-de-outono

    um pequeno presente! boas leituras!

    ResponderExcluir